Série os Animais da Bíblia Aula 9 Formigas trabalhadoras

Aula 9 Formigas trabalhadoras Salomão e as formigas

 

Baseado em Provérbios 6:6-8

Versículo Bíblico: Vai ter com a formiga, ó preguiçoso!” (Provérbios 6:6)

Recortar e montar o envelope e guardar as formigas.






Louvor sugerido:






Hora da história
(Levar gravuras de formigas ou levá-las dentro de um vidro)
Na sua casa tem formigas? (Permita respostas)
Mesmo que onde você mora não tenha formigas, você já viu algumas delas. Elas aparecem bem depressa na mesa ou na pia da cozinha , quando encontram alguma coisa doce, como: suco, pudim, pirulito, etc. Com certeza, você já viu uma carreira de formigas caminhando no jardim ou em qualquer gramado.

A formiga de nossa história poderia chamar-se __________ (permita resposta), uma formiguinha operária. Vamos chamá-la de Fifi.
Fifi estava sempre muito ocupada. Todos os dias, na primavera, no verão e no outono ela acordava bem cedinho e saía a procura de alimento para armazenar na despensa do formigueiro.
Quando ela encontrava semente, restos de vegetais ou outros alimentos, avisava às demais formigas operárias, assim como Fifi, onde estavam estes alimentos, e todas iam correndo para aquele lugar e busca de comida.
Elas usavam suas antenas para descobrir onde estava o alimento, porque é assim que sentem o cheiro. Hummm, que cheirinho de folhas verdinhas!
Ao encontrar a folha ou outros alimentos , a formiga coloca-os sobre suas costas e caminha vagarosamente até ao formigueiro. Ele é bem pequena e mede só um centímetro (mostrar um centímetro, através de um risco grosso numa folha de papel branco) mas é um animalzinho muito forte. Ela não desanima quando vê um pedaço grande de pão ou uma folha bem maior que ela, pois ergue com dificuldade o alimento muito maior que o seu tamanho e vai caminhando “suando” até o formigueiro.
Lá no formigueiro onde Fifi vive, moram outras formigas que não são operárias como ela, estas são formigas que trabalham dentro do formigueiro,cuidando das formiguinhas bebê.
Fifi é amiga das outras formigas, as chamadas sentinelas que são as guardiãs ou seguranças. As formigas sentinelas cuidam para que nenhum intruso entre no formigueiro.
Um dia Fifi viu um menino correndo pelo gramado. Ela viu quando o menino pisou bem em cima da porta do formigueiro, e viu que as formigas sentinelas correram até o pé do menino e começaram a picá-lo.
Ele ouviu o menino gritando e coçando seu pezinho. E também o viu sair correndo e foi brincar bem longe dali.
Fifi viu que as pobres formigas sentinelas tiveram muito trabalho para arrumar de novo a entrada de sua casa que ficara destruída!
É por isso que as formigas sentinelas soltam um líquido ácido quando picam, para espantar os intrusos.
Todas as formigas do formigueiro são filhas da formiga rainha que no dia do seu casamento botou mais ovinhos.
Fifi se sente segura em seu formigueiro, porque ali é um lugar onde todas as formigas trabalham.  Não há espaço para ninguém preguiçoso, por isso, quando chove ou quando chega o inverno e não se acha nada verdinho para comer, há muita comida gostosa guardada no formigueiro e então, todas as formigas podem descansar e comer.
Acho que o rei Salomão alguma tatatatatatatatatataravó de dona Fifi. E Salomão ficou observando como as formigas são trabalhadoras. Por isso, ele escreveu: “Preguiçosos aprendam uma lição com as formigas!” (Provérbios 6:6 BLH)

Por isso criança, se você tem preguiça de ajudar a mamãe, se você não gosta de arrumar sua cama, de guardar seus brinquedos, lembre-se de Fifi e seu formigueiro.
Pense como Deus foi sábio ao criar as formigas também para nos ensinar a sermos trabalhadores, assim como elas!  Vamos orar pedindo a Jesus que nos ajude a sermos formiguinhas trabalhadoras como Fifi.

Hora da atividade:






Hora de brincar:

  • Corrida Maluca: Correr imitando insetos

Material: Pegue duas caixinhas iguais (podem ser caixas de sapatos ou caixas menores), e nelas coloque nomes de animais. O número de animais deve ser igual ao número de pessoas. Uma caixa para cada equipe. Os nomes dos animais devem ser os mesmos nas duas caixas.
Desenvolvimento: Divida o grupo em duas equipes. Cada pessoa da equipe pega um papelzinho com o nome do animal que ele será. Os da outra equipe fazem o mesmo. Em seguida, ao comando do facilitador, cada pessoa começa a imitar o animal do seu sorteio, e tenta encontrar seu “par” na outra equipe, sem falar uma palavra. Tendo certeza que encontraram seu par, os dois correm para frente, e mostram seus pedaços de papel para o coordenador, que abre e confirma. Se estiverem corretos, os dois sentam e observam os outros, sem dar palpite. Se não tiverem acertado, fecha o papel, devolve e continuam procurando, até que todos os pares se formem. Em seguida, canta-se uma música de louvor bem animada, com todos os pares imitando ao mesmo tempo seus animais.
Sugestão: Os animais podem ser pato, leão, macaco, periquito, elefante, águia, ovelha, sapo, golfinho, preguiça, caranguejo, etc.


Sugestão de lembrancinha:


0