sábado, 28 de janeiro de 2017

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Oficina de Arte/Teatro: Construção da máquina imaginária


Construção da máquina imaginária

objetivos: Desenvolver a união da articulação entre: construção física, construção gestual e experimentação sonora. trabalhar o ritmo, a agilidade e a consciência corporal.


faixa etária: todas as idades

o coordenador propoe ao grupo a construção de uma máquina gestual que tenha movimento mecânico e som. o movimento poderá ser algo simples, que não seja desconfortável para o mesmo e que ele sustente o gesto ate o final da construção da máquina. O gesto terá quer ser repetitivo com um único sompara cada pessoa. Cada jogador construirá individualmente uma peça de engrenagem. Quando todos ja tiverem feito sua pesquisa gestual o coordenador dará as seguintes instruções:
- congela: apenas movimento
- congela: apenas o som,
- congela: maquina em ritmo acelerado
- congela: maquina em ritmo lento, quase parando.
- congela: maquina normal com som e movimento.

obs: Esta maquina poderá ser construída também, em pequenos grupos:
- dividir a turma em pequenos grupos, orienta-los ara que os componentes construiriam o objeto e que este esteja clara para cada um.
- sugestões: brinquedos de parque de diversão, roda gigante, cadinho bate-bate, montanha russa...etc....
A construção segue a mesma orientação anterior a unica diferença é que após a apresentação do grupo a platéia terá que adivinhar que maquina é esta que eles fizeram.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Sr e Srª Cabeça de batata _ feltro

Uma ideia pró baby soltar a imaginação
Apesar desses personagens não fazerem tanto sucesso aqui no Brasil eh uma boa para soltar a imaginação
Simples e VC pode criar vários acessórios

video

Bjssss e até a próxima



Painel Frozen

" você quer brincar na neve ..." Desculpa me empolguei hihi

Começando a semana com arte


Até a próxima


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Oficina de Arte/Teatro: O Cego Escultor, a Massa e o modelo

Estarei trazendo algumas dinamicas pra vcs e de alguma forma contribuir....



O Cego Escultor, a Massa e o modelo

objetivos: conscientização das articulações. exploração do toque. Desenvolvimento da percepção.

Faixa etária: a partir da pré-adolescentes.

Materiais: vendas para os olhos.

Dividir o grupo em trios. um dos componentes assume o papel do modelo e constrói uma pose. outro faz papel do cego escultor (vendado), tateia a pose do modelo percebendo a posição em que estão as articulações do gesto construído (obs.: o cego tem apenas uma oportunidade para tatear o modelo). em seguida, o cego se aproxima da massa (terceiro componente) e reproduzem em seu corpo a pose do modelo. A massa deixa-se manipulada inteiramente pelo cego. Ao final, o cego tira a venda, o modelo volta a fazer a pose original e os três comparam a obra construída. Numa nova versão, os jogadores trocam de papéis.


quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Bingo da formas

Achei muito legal esse bingo

Uma pessoa vai puxar um cartão um de cada vez a partir do saco e chamar a forma. Os jogadores procurarão então um artigo em sua placa que seja a mesma forma como a chamada. Eles podem cobrir um item dessa forma por cartão. O cartão de forma volta para dentro do saco e o chamador chamará outra forma. 

Uma ótima forma de associar objetos e formas geometricas, no link que vou deixar são poucas cartelas mas e sala de aula vc pode sentar em grupo. no site tbm é possivel comprar o arquivo com mais cartelas





Fonte: http://www.123homeschool4me.com/2017/01/shapes-bingo.html

Link para dowloand direto: https://drive.google.com/file/d/0Byr_Cmyf5_RyNW1pTXc5MndmUnM/view

sábado, 14 de janeiro de 2017

Dobradura: Eu amo minha familia

Olá pessoas lindas!!!!!!!!!!!!!
Achei tão fofa essa dobradura pra trabalhar o tema família que vim compartilhar com vcs!!!
Na imagem tem a fonte

ótimo final de Deus!!!!!!!!!!




sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Arte em feltro: Palhacinha

Mais uma arte de férias

Vim aqui mostrar pra vcs!!!!!!!!!!!!!






Bendito seja o Senhor, Deus, nosso Salvador, que cada dia suporta as nossas cargas. O nosso Deus é um Deus que salva; ele é o Soberano, ele é o Senhor que nos livra da morte. 





quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Série Os animais dá Bíblia culminância


Segue algumas sugestões pra vocês após terminar o tema sobre os animais dá Bíblia 

1. Um dia de gincana 

2. Apresentação dos trabalhos manuais dos alunos ao longo das aulas

3. Uma apresentação dá igreja: sugestões de louvor 

# eu li na Bíblia - alínea barros


# Vou obedecer _ Fernandinho para menores 


4. Um festa de encerramento com decoração de animais



Segue sugestão para gincanas 
# jogo de perguntas das histórias estudadas

# corrida maluca imitando os animais

# quem sou eu????

COMO BRINCAR

Em cada folha de papel em branco escreva o nome de um animal. Com uma fita adesiva cole nas costas de cada um dos participantes uma das folhas. Os jogadores deverão circular pelo ambiente e fazer perguntas aos outros para que o ajudem a descobrir que bicho ele é, por exemplo: ‘Eu tenho patas?’; ‘Eu sei latir?’.

Determine um tempo para que as crianças façam perguntas entre si. Depois, todos devem sentar em círculo e dizer que bicho acreditam ser.  Os nomes não precisam necessariamente ser de bichos, solte a sua criatividade e invente novas categorias. 

Passarinho colorido: essa brincadeira segue a mesma ideia da brincadeira “Elefante Colorido”. Você pode usá-la em todo o tema dos animais, adaptando de acordo com o assunto.

Leve as criança em algum espaço que tem diferentes cores. A professora fica em frente e diz “Passarinho colorido!”. As crianças respondem: “Que cor?”. A professora então fala o nome de uma cor e as crianças devem procurar a cor pelo espaço e tocar em algo que tenha a tonalidade.



Qual animal eu sou?:  coloque algumas figuras de animais dentro de uma caixa. A caixa circula entre as crianças ao som de uma música (igual na brincadeira de batata-quente). Quando a professora parar a música a criança que estiver com a caixa tire uma figura e imita o animal, reproduz o som dele, imita a forma dele se locomover para que as demais crianças identifiquem qual animal se trata. Os alunos adoram!

Obstáculos: organize alguns obstáculos com cordas em linha reta e zigue-zague. Peça para os alunos andarem pelo percurso imitando os animais (pulando, rastejando, engatinhando)

·         Por cima da corda

·         Ao lado da corda

·         Passar por baixo da corda

·         Ir de uma maneira e voltar de outra







terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Série Os Animais da Bíblia: Aula 14: Cabritos e Ovelhas

Aula 14 -  Cabritos e Ovelhas

Baseado na cena da Volta de Cristo em Mateus 25:31-46



Versículo Bíblico: "E, depois que eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo." João 13.3 ª




Louvor sugerido:



Hora da história:

Você já viu algum cabrito de verdade?
O cabrito bale ou berra igualzinho a ovelha e ambos comem capim. Os cabritos que moravam onde Jesus vivia, tinham barba comprida, alguns tinham pelo curto e macio e outros tinham pelo áspero. Todos os cabritos tem chifres curvos ou em forma de espiral, e no lado de dentro, o chifre é afiado e pode até a quem ele atacar.

Você já viu uma ovelha de verdade? É um animalzinho muito dócil e tímido. Ela não sabe se defender e, portanto, depende inteiramente da ajuda do pastor que a leva para comer (pastar) e para beber. É também o pastor quem a defende dos seus inimigos, animais famintos e ferozes, tais como : lobo, a onça, o leão, etc.

Quando uma ovelha está ferida, morrendo, ela simplesmente se encolhe, não tenta se salvar ou fugir e não berra; apenas chora.
A Bíblia conta uma história interessante sobre as ovelhas e os cabritos.

Um dia, os cabritos estavam saltando livres pelas colinas, pastando ao sol. Alguns deles estava, brigando entre si por causa de uma linda cabra ou porque queriam ocupar o mesmo espaço. Enquanto isso, as ovelhas estavam todas juntinhas, quietinhas, comendo e bebendo e tomando sol.
Foi quando chegou o pastor. Ele chamou ternamente suas ovelhas e todas se levantaram e passaram a segui-lo. Elas sabiam que o pastor as amava e que cuidaria bem delas. Já os cabritos precisavam ser tocados para seguir obedecendo ao pastor. Então, os pastor disse às suas ovelhinhas :
- “Venham minhas queridas, vamos para casa. Eu preparei uma casa bem bonita e bem novinha para vocês, para que possam viver bem pertinho de mim. Nesse novo lar, vocês viverão tranquilas e em segurança.”
Mas depois o pastor se voltou para o cabritos e percebeu que estes continuavam saltando, comendo, brigando e nem davam atenção ao pastor. Então, ele disse:
- “Como vocês são desobedientes e não atendem às minhas ordens, podem ficar aí mesmo!” E dizendo isso, o pastor foi embora com suas ovelhas.



Você sabia que o pastor desta história é Jesus? E que cada um de nós pode ser cabrito ou ovelha?
Jesus contou esta história para nos ensinar que quando Ele voltar, somente levará para viver com Ele nos céus aquelas pessoas que são obedientes como as ovelhas. Já os briguentos, aqueles que não O obedecem, não viverão com Ele para sempre. Eu quero ser como uma ovelhinha obediente, e você?
Vamos orar, para que Deus nos dê um coração bondoso como o das ovelhas, para que possamos viver no céu, um lugar onde só poderão ir os que aceitam o convite de Jesus.

Fonte: advir.com/historiasbiblicas/

Hora da atividade:


 carimbo com os dedos

usando toalhas de plasticos











Sugestão de lembrancinha:







Série os Animais da Bíblia: Aula 13: O dia em que o cavalo derrubou seu cavaleiro

Aula 13 - O dia em que o cavalo derrubou seu cavaleiro - Saulo de Tarso


Base Bíblica: Atos 9

Versículo Bíblico: “Porque tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, ” Salmos 86:5



Louvor sugerido:






Hora da história:


Mascara cavalo


Quantos de vocês já andaram a cavalo? Já repararam como os cavalos andam de modo elegante? Eles podem andar ou trotar e até mesmo correr e saltar com seus cavaleiros. Os cavalos são muito úteis, pois além de transportar homens, podem levar cargas em carroças e pessoas em charretes.

Nos tempos bíblicos, os cavalos iam á guerra. Os homens podiam ir montados ou podiam puxar uma biga, que é uma espécie de carrinho aonde cabem dois homens em pé.
Que nome poderíamos dar ao cavalo de nossa historia (espere as respostas.) 
Bem, não importa. O fato é que houve um dia em que esse fogoso e adestrado animal, perdeu seu cavaleiro numa viagem, em meio à estrada.
Mas a historia começa antes. Saulo era um homem bastante fiel a Deus. Sua Família era fiel, e desde menino ele foi ensinado por professores que amavam a Deus a fazer sempre sua divina vontade. E esse era o desejo de Saulo. À medida que Saulo crescia, procurava estudar mais as Escrituras, até que se tornou o jovem mais entendido na Bíblia. Ninguém sabia tanto quanto ele. Quando alguém pensava diferente, Saulo discutia até vencer. Ninguém conseguia ganhar dele.
Como Saulo foi ficando famoso, ele se tornou muito orgulhoso; tão orgulhoso que começou a prender, maltratar e até mesmo a matar aquelas pessoas que pensavam diferente dele.
Um dia, Saulo foi chamado para discutir com um cristão chamado Estevão, e, pela primeira vez, Saulo não conseguiu ganhar. Saulo ficou tão irado, que concordou com seus amigos que decidiram matar Estevão a pedradas. Mas, enquanto Estevão morria, Saulo viu uma luz brilhando naquele rosto daquele fiel cristão.
Isso o impressionou muito. Como Estevão podia ter o brilhar do céu em se rosto e esta errado, a ponto de merecer a morte? Saulo não sabia responder, e para se esquecer de Estevão, ele foi para uma cidade chamada Damasco com autorização para prender e matar outros cristãos.




Foi montado em seu belo cavalo todo vaidoso, no meio de seus amigos. Que podia Deus fazer para mostrar à Saulo que ele estava errado? Que podia Deus fazer para mostrar a Saulo que os cristãos estavam certos? Deus queria mostrar a Saulo que ele estava entendendo errado tudo o que estudara nas Escrituras. Então, quando Saulo, todo pomposo, cavalgava em direção à Damasco, Deus falou com ele. Falou com Sua voz clara, dando-lhe uma mensagem que Saulo lembraria para sempre. Estas cenas foram iluminadas com a luz celestial. Saulo caiu do seu cavalo e ao ver o brilho de Deus, ficou cego.
Foi quando Saulo ouviu Deus dizendo: “Saulo você está Me perseguindo ao perseguir e matar os cristão.”
Saulo ficou profundamente surpreso. Não podia crer! Ele pensava que estava agradando a Deus, mas na realidade o Senhor estava triste.
Daquele dia em diante, Saulo se tornou uma nova pessoa.
Começou a ensinar as Escrituras com muito amor às pessoas e a contar-lhes que Jesus morreu para salvá-los.
Sabem crianças, Deus nos ama e que salvar a cada um de nós. Porem, às vezes somos tão teimosos e queremos que a nossa opinião seja a certa, e que todos os demais estejam errados. Cuidado! Recorram sempre à Bíblia para saber qual a opinião de Deus! Senão, um dia, como aconteceu a Saulo, vocês poderão acabar “caindo do cavalo”. Deus quer que sempre, respondamos com um “está escrito”, como o fez Jesus.

Dica a mais: Sobre a cura de Saulo




Link para dowloand AQUI


Hora da atividade:










Hora de brincar:

Perguntas:

1- O que Saulo pediu ao sumo sacerdote?
Perseguiu os cristãos
2- Para que cidade Saulo estava indo?
Damasco
3-Porque Saulo caiu do cavalo?
Uma luz do céu brilhou em volta de Saulo
4- O que Jesus disse a Saulo?
Saulo, Saulo por que você me persegue?
5- O que Jesus mandou Saulo fazer?
Mandou levantar e entrar na cidade.
6- O que Saulo percebeu quando se levantou do chão?
Que não podia enxergar.
7- Quem o a ajudou a chegar a Damasco?
Seus companheiros
8- Quantos dias Saulo ficou sem enxergar, sem comer e sem beber?
3 dias
9- Que discípulo foi ao encontro de Saulo?
Ananias.
10- O que Ananias fez com Saulo?
Colocou a mão sobre Saulo e disse que Jesus o mandou para curar as vistas  dele e enche-lo do Espírito Santo.
11- O que caiu dos olhos de Saulo?
Caiu dos olhos algo como escamas e ele voltou a enxergar.
12- O que aconteceu no final da História?
Saulo levantou-se e foi batizado e passou ali alguns dias com os discípulos em Damasco.
13- Quem Saulo era antes de conhecer Jesus?
Perseguidor dos Cristãos.
14- e depois que conheceu Jesus?
Tornou-se um cristão e viajou para muitos lugares para falar do amor de Deus para as pessoas.



Sugestão de lembrancinha:


















segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Série os Animais da Bíblia Aula 12: Somos valiosos? Pardais

Aula 12 - Somos valiosos? Pardais


Baseado em Mateus 10:29

Versículo Bíblico: " Ele cuida de vocês" 1 Pedro 5:7




Escrever o versículo no miolo da flor (forma de brigadeiro) colar no palito e por um desenho do pardal.



Louvor sugerido:





Hora da história:

(Leve a figura de um pardal.)


O pardal é uma ave muito folgada. Ele e os outros pardais passam boa parte do dia dependurados nos fios de energia elétrica, próximo ao ninho, observando tudo o que acontece ao redor.  Depois, ele voa até o beiral do telhado de uma casa de onde pode descer para comer as migalhas que são sacudidas das toalhas das mesas.

Os pardais não são muitos bem vistos pelos homens. E sabe por que?
Porque, mal o agricultor acaba de semear, toda a família de voa até a plantação para comer as sementes e por isso, sempre tem que ter alguém cuidando das plantações para impedir que os pardais acabem com ela.
Mas essas aves não tem medo dos homens de mentira. Sabe quem são estes homens de mentira? São os espantalhos feitos de cabos de vassoura e são vestidos com calcas, camisas e chapéus. Os pardais não temem os espantalhos e até se assentam sobre seus longos braços ou em seu chapéu, desafiando assim o agricultor.
Os pardais são chamados de ratos do céu, porque eles não são bons.
O pardal fica à espreita dos ninhos das outras aves. Quando a mãe passarinho se afasta para buscar alimento, o pardal voa até esse ninho e bica a cabeça dos filhotes até que estes caiam dos ninhos para então o pardal se apossar do lugar.
Pobres filhotes, quando a mamãe chega fica desesperada à procura de seus filhotes que caíram lá de cima da árvore.
É por isso que os homens procuram se livrar dos pardais. Eles colocavam veneno nas plantações, armam arapucas e às vezes até atiram neles.
Mas vocês sabiam que nenhum pardal morre por acaso? Foi Jesus que disso isto! E sabem o que ele queria dizer com isso?  Que se Ele cuida até mesmo desses passarinhos feios, que nem sabem cantar e que são malvados imaginem o quanto Deus cuida de vocês! Quanto Jesus os ama!
Por isso eu quero convidá-los a agradecer a Jesus por Seu amor e cuidado por nós.



Hora da atividade:


 usar forma de brigadeiros ou de cupcakes

 carimbos das mãos e fazer os pardais






usando o contorno da mão





Sugestão de lembrancinha:

 binoculo para observar os pássaros